Mixtape na Rádio Putzgrila A história do tokusatsu nacional

Mixtape na Rádio Putzgrila A história do tokusatsu nacional

Quartas você tem um encontro com a Cultura Pop e o Rock n’ Roll, no programa Mixtape, na Rádio Putzgrila !!
Além de nossas dicas e quadros, no Mixpapo de Boteco, estaremos recebendo o Jaime Daniel Rodríguez Cancela , da O Metagamer e Saul Farias , da Calabouço do Androíde, e o tema será: “RPG”! Imperdível!!


À partir das 20 horas, acesse www.radioputzgrila.com.br ou baixe o aplicativo da Rádio Putzgrila – A Rádio Rock de Verdade!! Aguardamos por vocês!!

A história do tokusatsu nacional: conheça as 28 principais produções

Por mais que alguns não reconheçam, verdade seja dita: o tokusatsu faz parte da cultura pop brasileira. Há mais de cinco décadas os meios de comunicação daqui sempre tiveram heróis nipônicos combatendo o mal e agradando muitas gerações. Isso fez com que os fãs dessas produções criassem os seus próprios heróis também, dando início ao tokusatsu nacional

Dos anos 80 para cá muitos representantes tupiniquins surgiram com o propósito de defender a justiça. Nós do Toku Blog fomos atrás de todos e listamos aqui as 28 principais produções inspiradas em tokusatsu feitas no Brasil nos mais diversos tipos de mídia: vídeo, animação, quadrinhos e afins. Vamos conhecê-las?

Quais são os heróis do tokusatsu nacional?

Para que você possa conhecer todos em ordem histórica, vamos apresentar cada um de acordo com a época de criação.

Tokusatsu nacional dos anos 80

Sim, a história dos heróis brasileiros de tokusatsu tem início na década de 80, antes mesmo da Rede Manchete, que transmitiu diversas séries do gênero, ser inaugurada.

1) Ultra Boy

Ultra Boy Tokusatsu Nacional

O primeiro herói desta relação criado totalmente no Brasil e que traz traços dos heróis nipônicos é Ultra Boy.

As histórias publicadas na revista Gigante se passavam no ano de 2082 e têm como protagonista Marquito, um jovem que protege o planeta de alienígenas ao se transformar em Ultra Boy.

Na época, as aventuras da Família Ultra eram exibidas na TV brasileira e faziam sucesso.

Tokusatsu nacional dos anos 90

Na década de 90 tivemos as primeiras produções feitas em vídeo, o que não era tarefa simples, pois os recursos de edição que os fãs tinham eram via VHS. Portanto, além de a qualidade de imagem e edição não serem das melhores, fazer tokusatsu nacional era muito mais trabalhoso.

2) Grajaú Ninja

1-Grajau-Ninja-Tokusatsu-Nacional

Grajaú Ninja foi exibido pela primeira vez ao grande público em eventos de anime no Rio de Janeiro no final da década de 90.

O personagem Grajaú Ninja faz parte de um clã que combate os inimigos de uma corporação criminosa com espada, nunchaku, socos e chutes. 

Um dos destaques da produção (que traz uma qualidade rudimentar típica da época analógica conforme você pode ver aqui) é a trilha sonora composta por músicas do Jaspion.

3) Blue Fighter

Blue Fighter - Tokusatsu Nacional

Essa HQ foi publicada em meados dos anos 90 na extinta revista Master Comics. Depois, ganhou uma série própria de quatro edições com roteiro de Alexandre Nagado, seu criador.

Na história, o jovem Domon é sequestrado por Kronan com a finalidade de transformá-lo num guerreiro a favor da sua organização. 

Porém, ele escapa antes que sua memória fosse apagada e passa a lutar contra Kronan como Blue Fighter.

4) Combo Rangers

Tokusatsu Nacional Combo Rangers

O esquadrão criado por Fábio Yabu (o mesmo que se encarregou do roteiro do mangá nacional do Jaspion) e inspirado em Super Sentai surgiu como uma webcomic no final dos anos 90.

Posteriormente, suas aventuras foram impressas. A história envolve cinco heróis que defendem a Terra após receberem poderes do Poderoso Combo.

Há também este episódio animado que mostra o quinteto em ação.

5) Insector Sun

Insector Sun Tokusatsu Nacional

O herói principal da Kri Produções fez o seu primeiro surgimento nas histórias em quadrinhos criadas por Christiano Lee que, posteriormente, ganharam aventuras em vídeo.

Na trama, Chris Lee é o humano escolhido para ser o Insector Sun e, ao trajar a bioarmadura, proteger o planeta dos ataques de seres mal intencionados.

A série teve um total de duas temporadas que você pode ver aqui.

Tokusatsu nacional dos anos 00

A virada do século trouxe também a inclusão digital. Câmeras e smartphones começaram a se tornar acessíveis e a condição financeira dos tokufãs (ao menos os da Geração Manchete que haviam se tornado adultos) ficou melhor a ponto de conseguir investir em suas produções.

6) Cavaleiros do Futuro

Tokusatsu Nacional - Cavaleiros do Futuro

Bambuluá é uma série produzida pela Rede Globo e protagonizada pela Angélica.

Na história, Angélica é salva por um grupo de sete crianças e levada para morar na cidade de Bambuluá protegida pelos sete Cavaleiros do Futuro representados pelas cores do arco-íris.

Alguns fãs discordam que seja tokusatsu, mas a produção traz todos os elementos: heróis, vilões, roll call, explosões e influência de Super Sentais conforme você pode ver neste trecho.

7) Kamen Rider Orion

Tokusatsu Nacional Kamen Rider Orion

Kamen Rider Orion foi criado por mim (Ivan de Souza) e reúne elementos de tokusatsu, ufologia e expressionismo alemão.

A história gira em torno de um jovem que, ao ser abduzido por alienígenas (os Greys), é transformado num ser híbrido: o Kamen Rider Orion. De volta à Terra, ele passa a combater os Reptilianos que nela surgem.

A produção teve duas versões: Trash (baseada nos filmes da década de 20) e 2.0 (cujos episódios você pode ver aqui).

8) Blast Rangers

Tokusatsu Nacional - Blast Rangers

O primeiro Super Sentai brasileiro criado pelo publicitário Bruno Seidel era bastante comentado pela tokunet nos primeiros anos da década 00.

A produção das aventuras do quinteto começaram a ser gravadas em 2002 e totalizaram 16 episódios. Esta é a abertura que possui um tema próprio e empolgante.

Eles também receberam uma versão em quadrinhos que você pode baixar gratuitamente aqui.

9) Cyberbio 

Tokusatsu Nacional Cyberbio

Cyberbio é a produção da Hero Factory que mais ganhou destaque no início dos anos 00, tanto a caráter de história quanto de visual.

Na trama, dois patrulheiros cósmicos – Guncyber e Katatcha – chegam à Terra para protegê-la da ameaça de terríveis inimigos do espaço, como a organização criminosa Mad Machine.

A série teve um total de dois episódios recheados de ação e bom humor. Veja o primeiro episódio aqui.

10) Metal Blue

Metal Blue Tokusatsu Nacional

Metal Blue é uma série da produtora Ribeirão Filmes que, na época, também assinava os episódios do Insector Sun.

Ao contrário de outras produções do tipo cujos episódios são curtos, cada aventura do Metal Blue tinha um total de 20 minutos de duração.

Infelizmente, não encontramos os episódios da série no canal oficial, mas um fã disponibilizou o episódio 4 aqui.

11) Tsebayoth – O Exército do Senhor

Tsebayoth - O Exército do Senhor - Tokusatsu Nacional

Quem disse que tokusatsu não tem espaço para heróis cristãos? Por mais que não seja comum no Japão, como estamos no Brasil, temos um representante: Tsebayoth, o Exército do Senhor.

A história gira em torno de um Tsebayoth, nome dado aos guerreiros do exército de Deus que é enviado à Terra para combater os Pecados Capitais que visam tirar a fé da humanidade em Jesus Cristo. Confira o primeiro episódio.

Tokusatsu nacional dos anos 10

A segunda década do milênio trouxe muitas novidades, sobretudo considerando que plataformas de vídeo como YouTube, Vimeo e Dailymotion começaram a se tornar mais populares, ampliando o alcance do tokusatsu nacional.

12) Justice Kamen

Justice Kamen Tokusatsu Nacional

Justice Kamen é mais uma produção da Hero Factory, o curta traz uma pegada mais séria em comparação com as demais produções.

Infelizmente, o episódio não está mais disponível no canal oficial da produtora, mas sua fanpage deixou disponível a introdução aqui.

Àqueles que quiserem conferir as cenas de ação, há também este videoclipe feito por um fã com base no único episódio produzido.

13) Guardião Azul

Guardião Azul Tokusatsu Nacional

Guardião Azul segue o estilo de tokusatsu dos anos 70 e 80, pois traz características da época que variam desde atuações exageradas até substituição da pirotecnia pelos efeitos de pós. 

Seu criador Kirk Russo também evidencia referências de Super Sentai (sobretudo Dekaranger), Jaspion e Kamen Rider. Isso fica evidente no título da história, “A Saga de Metallion”, pois é o mesmo nome da espada do Kamen Rider Black RX. Confira um episódio.

14) Krom, Sentinela do Espaço

Krom Sentinela do Espaço Tokusatsu Nacional

Krom, Sentinela do Espaço foi produzido em Porto Alegre tendo como base as lendas da ufologia. 

Após sua nave cair na Terra, Krom assume a identidade humana de Leo e passa a viver num bar enquanto procura a Essência Biológica Galáctica para que não caia nas mãos do Império Zankar.

A trilha sonora é um ponto de destaque na produção, pois o encerramento, “Sentinela”, é composta pela banda de anisongs Gaijin Sentai. Veja o primeiro episódio.

15) Mega Powers

Mega Powers Tokusatsu Nacional

Mega Powers é inspirado em Super Sentai e produzido pela IntervaloTV cujo trio de heróis dotados de nunchakus e espadas combatem inimigos que decidem invadir a Terra.

A série foi produzida no Rio de Janeiro, o que torna interessante ver as batalhas entre robôs e monstros gigantes acontecerem em locais conhecidos da cidade como Cinelândia (onde fica o Teatro Municipal), Aterro do Flamengo e Praia de Botafogo, tal como pode ser visto aqui no primeiro episódio.

16) Robô de Resgate XD

Robô de Resgate XD Tokusatsu Nacional

Esta série produzida pela equipe da Hero Factor reúne boas doses de ação e comédia.

Ela é protagonizada pelo XD, um robô que tem como missão defender as pessoas das ameaças que as circundam.

A exemplo das séries do gênero Fushigi Comedy (que reúne títulos como Patrine, por exemplo), é uma boa pedida para quem quer se entreter com uma história simples, interessante e divertida! Confira o primeiro episódio

17) Cruzer

Cruzer Tokusatsu Nacional

Cruzer é um personagem inspirado nos Metal Heroes e criado para protagonizar o clipe On The Rocks do cantor de tokusatsu Ricardo Cruz.

O clipe (que você pode ver aqui) se passa no Japão que é invadido por um império maligno até que Cruzer (interpretado por Hiroshi Watari) surge para deter essa ameaça.

Cruzer também faz uma aparição no teaser da animação em 3D do Jaspion, feita pelo Rafael Segnini, que também apresenta um herói criado por ele: StarBlazer.

Tokusatsu nacional dos anos 20

A década que começou marcada por produtores de conteúdo que ganham mais destaque que a mídia tradicional foi favorável ao tokusatsu brasileiro, pois fez surgir produções cheias de iniciativa e qualidade!

18) TimerMan

TimerMan Tokusatsu Nacional

TimerMan é um tokusatsu nacional que ganhou muito destaque na tokunet, chegando a aparecer em diversos canais da mídia, desde blogs até reportagens na TV.

A história se passa no Rio de Janeiro e traz como personagem um professor de educação física que combate ameaças vindas do espaço.

Inspirado tanto em tokusatsu quanto em comics, a criação de Fabiano Ferreira também ganhou uma versão em quadrinhos. Veja o trailer.

19) ThunderBeast

ThunderBeast Tokusatsu Nacional

ThunderBeast é a segunda produção de tokusatsu da KRI Produções Entretenimentos, a mesma do Insector Sun.

As gravações da obra que se intitula “Thunderbeast, o Lobo Guerreiro” começaram em 2020 e, desde então, tem deixado os tokufãs brasileiros na expectativa de conferi-lo.

De momento, é possível ver o trailer que mostra o herói combatendo um inimigo, além da trilha de fundo que parece ser o tema do personagem.

20) Looperman

Looperman Tokusatsu Nacional

Looperman é criado por uma equipe de artistas que reúne referências de tokusatsu e também dos quadrinhos.

Na trama de Looperman, a união da luz e das trevas fez surgir os oito elementos que fundamentaram a vida na Terra. Logo, esses elementos criaram vida, o que inclui as Trevas cujos representantes passam a ser combatidos por Looperman.

Para conferir o andamento do projeto (feito para o formato de HQ), recomendamos esta live feita pelo canal Retro Juabas com os criadores do Looperman.

21) Gobetex

Gobetex Tokusatsu Nacional

Gobetex é um filme de tokusatsu baseado no desenho animado de mesmo nome que foi criado por Jaíres Santos, o mesmo responsável pelo desenho animado do Jaspion.

O trabalho em cima do filme começou em 2019 e o fez ganhar destaque em diversos canais do YouTube que anunciaram a produção.

A animação tem um total de 13 episódios de 10 minutos cada que você pode conferir aqui.

22) Starman

Starman Tokusatsu Nacional

Starman é um tokusatsu produzido em animação que traz uma proposta simples: desenhos mostrados quadro a quadro, todos feitos em traços simples e com lápis de cor.

A história traz como protagonista Hayata, um homem vindo do espaço dotado de poderes capazes de transformá-lo em Starman, o guardião do espaço.

Starman é um exemplo de que criatividade e iniciativa são os elementos essenciais para uma produção. Veja o primeiro episódio.

23) Cyber Hero

Cyber Hero Tokusatsu Nacional

Na história de Cyber Hero, o jovem Alex é convocado pelo Dr. Oliver para combater a sua cópia digital que planeja dominar o mundo. Ao se transformar em Cyber Hero, ele passa a usar seus poderes para combater os vírus de forma humanoide.

Cyber Hero tem um total de quatro episódios até então (este é o primeiro), o canal do personagem também tem um desenho chamado Elfo Clube.

24) Guardiões do Poder

Guardiões do Poder Tokusatsu Nacional

Guardiões do Poder é uma produção criada e dirigida por Jefferson Henning e estrelada por um grupo de heróis, cada um representado por uma cor.

Esses heróis são os Guardiões do Poder, guerreiros escolhidos pelo espírito Primordial para defender a Terra toda vez que ela se encontra sob ameaça.

O projeto recebeu financiamento no Catarse e o filme tem lançamento previsto para maio deste ano. Este é o trailer.

25) Raizu, o Cavaleiro de Aço

Raizu Cavaleiro de Aço Tokusatsu Nacional

Raizu é um herói de tokusatsu nacional visualmente inspirado nos personagens da linha Metal Hero.

A trama tem como protagonista Guil, o Cavaleiro Estelar lendário capaz de transformar em Raizu cujo objetivo é salvar um amigo de outro universo.

Por enquanto, o canal oficial conta com três vídeos: o roll call do herói, ele caminhando e a aparição de um dos monstros.

26) MotoBoy

MotoBoy Tokusatsu Nacional

MotoBoy é uma história em quadrinhos (ainda em produção) baseada em tokusatsu, mais um representante dos heróis nacionais.

Na história, Gregório, jovem morador de periferia, trabalha como motoboy. Porém, um dia, sua vida muda ao receber um artefato alienígena que transforma sua moto num robô cheio de recursos tecnológicos.

Assim, a dupla passa a conviver e combater pessoas e criaturas com más intenções.

27) Cão Negro

Cão Negro Tokusatsu Nacional

Cão Negro é um anti-herói que luta em defesa dos animais que sofrem maus-tratos.

A história começa quando um homem, ao caminhar pelas ruas durante a noite, recebe uma misteriosa armadura dotada de super poderes. Ao fazer uso dela, ele assume a identidade de Cão Negro e combate sem piedade todos que maltratam os animais.

Clique aqui para conferir o teaser da produção que ainda conta com um tema de abertura próprio.

28) Flashcop

flashcop tokusatsu nacional

Flashcop é um tokusatsu que ainda está em produção, mas que já chamou a atenção do fandom por conta do seu visual, efeitos especiais e trilha sonora.

Os protagonistas são três heróis que vestem os trajes de combate azul, amarelo e vermelho: Flashcop (um cientista policial), John (o bombeiro) e Jack (o amarelo).

Até o momento, o canal oficial conta com este clipe musical que apresenta os personagens e também o tema da produção.

Estas são as 28 principais produções do tokusatsu nacional e esperamos que essa lista se torne cada vez maior!

Fonte: Tokusato Blog

Tchaina Bass

Tchaina Bass

Atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e Ligante Anfetamínico. Fundou o Selo Sub_Discos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *