Gabrre lança “elephants” em clima de karaokê com imagens retrô da natureza

Gabrre lança “elephants” em clima de karaokê com imagens retrô da natureza

A faixa é o quarto single do álbum de estreia, Tocar em Flores Pelado, que será apresentado para o público no final deste mês

Gabrre, cantor e compositor gaúcho de 22 anos, de Gramado, na Serra Gaúcha, lança elephants, single que fala sobre as dores de um relacionamento instável. A música estará no álbum Tocar em Flores Pelado, que será lançado pelo selo Honey Bomb Records, no fim deste mês, e ganhou videoclipe dirigido pelo artista, assista aqui.


‘elephants’ é uma música esquecida da Urso Polar, minha antiga banda de adolescência. Às vezes, quando brigamos, não queremos acertar as coisas, apenas deitar e abraçar calados, principalmente em um relacionamento instável”, explica Gabrre.

A atmosfera retrô do clipe já foi vista no single de estreia do álbum, mula sem cabeça, lançado em Abril e em de noite eh dia de sair, lançado em Setembro: “O vídeo também é composto por uma coleção de imagens vintage dos anos 60, dessa vez em formato karaokê. Cenas urbanas e humanos são substituídos por flores e animais, que ajudam a sintetizar visualmente as melodias encantadoras e aconchegantes”, conta. Além dessas três faixas, Gabrre  já revelou defender, que também estará no disco.


ASSISTA AO CLIPE AQUI


FICHA TÉCNICA

Vídeo: Gabriel Fetzner

Letra e melodia: Ariel Bordin

Composição, produção, arranjos e mixagem: Gabriel Fetzner

Masterização: Gabriel Gobbi de Oliveira

Participação especial: Lucca de Castro Moura, baixo

LINKS

Instagram

Facebook

Spotify

Amazon

Deezer 

SOBRE GABRRE

Aos 16, lançou seu primeiro EP como baterista no grupo Urso Polar, um ato extinto de indie rock autodepreciativo da serra gaúcha (Canela e Gramado). 

Já em novembro de 2019, aos 21, estreou como artista solo com seu primeiro single “…e parabéns”, selecionado pela Natura Musical e Honey Bomb Records para a coletânea “Sons que Vem da Serra”. 

Sua música é o resultado da fusão entre samples recheadas de echo e reverb, percussões pulsantes e vocais etéreos. Une a maestria das peças de Stravinsky, Reich e Debussy com a leveza do gênero que chama carinhosamente de “pop fofo”. E, no início de 2020, compôs uma série de outras músicas que acabaram virando um disco intitulado “Tocar em Flores Pelado”, que será lançado pelo selo Honey Bomb, em Outubro.


Thais Pimentathais@cafe8.com.br

Tchaina Bass

Tchaina Bass

Atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e Ligante Anfetamínico. Fundou o Selo Sub_Discos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − nove =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.