Especial de 14 anos da Putz EP6 | Imperador Belial

Especial de 14 anos da Putz EP6 | Imperador Belial

Rádio Putzgrila completou 14 anos em setembro, e pra comemorar preparamos um final de semana cheio de entrevistas com músicos, comunicadores,  produtores e agitadores culturais.

A sexta entrevista foi com o Raphael Mangelli, vocalista da banda Imperador Belial, fundada em 1998, com intuito de executar black metal old school, ele define: “uma válvula de escape para todo aquele cenário voltado pro black metal melódico, sinfônico que não era nossa praia”.

Quais principais referencias da banda?

“Black Metal dos anos 80: Venom, Bathory, Sarcófago, Vulgano, Hellhammer e Black sabbath, Judas Priest”

Como é a cena no Brasil para o Black Metal?

“Aqui na Serra Gaúcha é pequena, tem poucas bandas, poucos lugares para eventos, nos últimos anos a cena tem dado uma caída, com pouco publico. A formação do headbanger atual, é mais digital, o pessoal se acostuma a ficar em casa, ver um show no youtube, talvez por isso não deem tanta importância”.

Qual a lição que se tira de 2020?

“Foi um ano perdido, acho que as bandas na impossibilidade de tocar, e espaços fechando sem movimento, as pessoas tiveram que se reiventar. Eu tenho acompanhado lives das bandas que eu gosto. Reivenção foi a lição de 2020”.

O que estavas fazendo há 14 anos atras?

“Pra banda não foi um bom ano, foi um ano de reformulação, estavamos no estudio gravando, saiu batera, saiu baixista e a banda teve que abandonar aquela formaçao, praticamente tivemos que começar do zero”.

O que você pretende estar fazendo em 2034?

“Quero continuar na estrada, gravando, lançando, tocar com mais frequência na europa (fizemos 2 turnês) e quem sabe tocar nos grandes festivais de verão”.

Bandas do tipo Sepultura, Krisiun, tem mais espaço, mais publico no exterior?

“O heavy metal em geral, no brasil não é cultura de massa, lá fora é, já vi em shows três gerações familiares, pai, filho e avô”.

O que é o Rock pra ti?

“Não é só música, é um estilo de vida”.

Qual teu último contato com o Rock?

“Um show que fizemos em março na embaixada do rock, era o último show daquele espaço que estava fechando”.

Qual estilo que mais rola na tua playlist?

“Ao contrário do que imaginam, 33% black metal old school, 33% Heavy Metal Clássico 33% Pop anos 80, 90, 1% Blues”.

Se tivesse que apresentar o Rock qual seria a música?

“Motorhead – Ace of Spades”

Se tivesse que ir pra marte qual trilha sonora levaria?

“I.N.R.I. do Sarcófago”

Quando menciono Keith Richards o que te vem a cabeça?

“Drogas, sexo e Rock and Roll”.

Qual seria a melhor notícia do rock hoje?

“A ressuireiçao do Lenny, a volta do Motorhead”

Qual a mulher mais fodástica do rock?

“Doro Pesch (da Banda Warlock)”

Qual a musica não pode faltar numa playlist do Rock?

‘Painkiller do Judas Priest”

Confira a entrevista na íntegra, feita por Sérgio Pires no dia 19 de Setembro de 2020

Rádio Putzgrila

Rádio Putzgrila

A Putzgrila é um veículo de rock consolidado na internet, com mais de 14 anos de programação ao vivo, transmissões de festivais, notícias, lançamentos e cobertura de shows nacionais e internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − oito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.