Creepy Metal Show Arquivos do medo #6 Histórias MACABRAS DO NATAL

Creepy Metal Show Arquivos do medo #6 Histórias MACABRAS DO NATAL

Quando o dia 25 de dezembro começa a chegar, todos esperam que o “bom velhinho” apareça com um saco cheio de presentes. Pelo menos é isso que a gente vê nos filmes. Mas e se o Papai Noel trouxesse consigo monstros assustadores? Muitas lendas falam dessa possibilidade e essa lista vai fazer você pensar duas vezes antes de deixar biscoito com leite para o Papai Noel este ano.

Natal é aquela celebração que para os cristãos significa o nascimento de Jesus e para a sociedade de forma geral significa muita festa, troca de presentes, vendas no comércio e aquela a correria de última hora para dar conta de tudo e reunir a família.

Mas além de todas as comemorações, o Natal possui outros aspectos bem sombrios, que remetem desde a sua origem até outras tradições mais modernas — mas não menos perturbadoras.

A seguir separamos alguns dos fatos mais assustadores que cercam as tradições de Natal

Natal é considerado tempo para a família, amor e alegria, mas isso não significa que o horror não tenha lugar no feriado!

Enquanto muitos vão comemorar a passagem do Papai Noel, outros receberão visitas muito mais sinistras.

Aqui está uma lista com lendas de Natal que abordam criaturas nefastas ou pessoas que fazem mais mal do que bem durante a temporada de férias. Qual é o mais assustador? Comenta aqui!

Belsnickel, o alerta

Belsnickel 

Sua história vem da Alemanha. É uma figura assustadora que está sempre coberta de trapos para que não descubram sua identidade. Em dias antes do Natal, ele passa de casa em casa para alertar as crianças desobedientes que, se elas não mudarem de atitude, além de não ganharem presentes, irão levar uma grande surra.

A origem dessa criatura nos leva de volta ao início do século XIX. 

Belsnickel é um velho mal-humorado que costumava entregar bolos, doces e nozes para as crianças boas mas chicoteava as crianças ruins na véspera de Natal. As comunidades alemãs ao redor do mundo ainda preservam sua imagem, por fazer parte de seu folclore.

Père Fouettard, o amaldiçoado

Père Fouettard castiga uma criança neste cartão postal francês
Père Fouettard

Sua origem vem da França e do sul da Bélgica. Ele anda junto com o Papai Noel, só que, em vez de deixar presentes, ele deixa carvão ou chicoteia as crianças desobedientes como forma de punição.

Diz a lenda que Père era um açougueiro que seguiu três garotos, os sequestrou e, por fim, os matou, cortando seus corpos e colocando-os dentro de barris. São Nicolau achou os corpos, os ressuscitou e lançou uma maldição em Père. Como forma de castigo, ele teria que acompanhar Papai Noel em todas as entregas dos presentes para punir as crianças desobedientes.

Knecht Ruprecht, o mal velhinho

Knecht Ruprecht

Segundo a lenda alemã, ele é um parceiro do Papai Noel, só que, em vez de dar presentes, ele castiga as crianças desobedientes. Ruprecht usa uma máscara e um manto marrom – que pode ser feito de pele e carrega um saco cheio cinzas.

Knecht Ruprecht é mencionado como um companheiro do Papai Noel, indo de casa em casa e pedindo às crianças que orassem. Se o fizessem, ele oferecia um presente (maçãs, nozes, etc.), do contrário, dava “biscoitos” inúteis (carvão, varas, etc.). O pior viria se eles se recusassem mesmo a tentar orar: a criatura iria levá-los com seu saco cinza que carregava só para isso. O ser faz parte do folclore de Nuremberg, sua origem, que data do século XVII.

Gryla, a bruxa do Natal

Gryla

Se você for desobediente, prepare-se para virar prato da Gryla, um mito que nasceu na Islândia.

Reza a lenda que Gryla tem três cabeças e três olhos em cada uma delas, chifres de bode e olhos azuis sinistros. Ela não suporta crianças \desobedientes e, se vir alguma, as devora.

Do folclore da IslândiaGrýla é uma gigante que é capaz de sentir se as crianças estão comportando-se mal durante todo o ano. Ela mantém um registro dessas crianças e irá comê-las como um lanche durante o Natal.

É uma das lendas mais antigas da região, com origens que a colocam no século XIII. Ao longo do tempo, sua caracterização mudou de uma criatura gigante com caudas que carregavam 100 sacos para ser mais semelhante e ter parentesco com Yule Lads, a versão islandesa do Papai Noel.

Krampus, o presente dos travessos

Krampus

Na tradição natalina, se você se comporta bem, Papai Noel chega com uma sacola grande cheia de presentes e deixa um embaixo da sua árvore. Mas, como o Papai Noel não se esquece de ninguém, ele também

e lembra das crianças que se comportam mal. É por esta razão que ele leva Krampus – uma espécie de demônio que vem para assustar e punir quem não se comporta bem.

Krampus é uma criatura mitológica que acompanha o Papai Noel durante a época do Natal. Segundo lendas de várias regiões do mundo, ele é antinoel e adora acabar com a alegria das famílias.

A palavra Krampus vem de Krampen, que significa “garra” em alemão antigo. O ser maligno entrou na cultura popular graças aos filmes de Michael Dougherty. Mas a lenda é muito mais terrível do que vimos nas telas: Krampus é, na verdade, um híbrido de demônio com cabra. Ele possui cascos, garras e uma longa língua que visita as casas onde vivem crianças desobedientes. Diz sua história que ele batia com ramos ou chicote nas crianças, antes de levá-los de volta a sua toca para viver para sempre.

Perchta

Perchta

Um espírito hermafrodita que pode aparecer como uma mulher bonita ou um homem desgastado. Diz a lenda que a criatura visita casas durante os 12 dias de feriado de Natal e determina se as crianças tem ou não se comportado durante todo o ano. Se sim, ela deixa uma moeda de prata. Se não, corta suas barrigas abertas, arranca suas tripas e enche o buraco com palha e pedrinhas. Sua origem é germânica, nas proximidades dos Alpes.

Fontes:

super.abril.com.br

https://medologia.com/

Creepy Metal Show

O programa é apresentado por Sérgio Pires, a proposta é mesclar heavy metal, contos de terror, literatura fantástica e curiosidades do mundo do rock n’ roll, além de dicas de filmes do gênero.

O Programa conta com a colaboração de diversos escritores do gênero, onde seus contos de terror são lidos durante o programa, além da colaboração de outros Putzgrilícos nos em quadros como Arquivos do Medo. Dicas de series e filmes.

segundas-feiras às 20h 

E-mail: creepymetalshow@gmail.com
Instagram: @creepymetalshow
www.facebook.com/creepymetalshow

Leia mais:

Creepy Metal Show:Histórias Secretas do Medo 1 (PILOTO)

Creepy Metal Show: Especial Vampiros Imperdível

Creepy Metal Show Especial de Helloween Imperdível

Creepy Metal Show: Histórias Secretas do Medo 1 (PILOTO)

Creepy Metal Show Arquivos do Medo #2

Creepy Metal Show Arquivos do Medo #3

Creepy Metal Show Arquivos do Medo #4

Tchaina Bass

Tchaina Bass

Atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e Ligante Anfetamínico. Fundou o Selo Sub_Discos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.