Creepy Metal Show: Arquivos do medo #15 Lendas Urbanas

Creepy Metal Show: Arquivos do medo #15 Lendas Urbanas

Chupa Cabra:

Um animal misterioso ganhou destaque em todos os noticiários brasileiros no inicio de 1995. Ovelhas e cabras estavam sendo encontradas mortas sem  nenhum vestígio de sangue no corpo.

Seria um animal selvagem? Ou um alienígena? Denominado como Chupa-Cabra (por conta da forma como matava suas vitimas), o bicho gerou medo e pânico em várias cidades brasileiras. A primeira aparição da criatura foi em Porto Rico, quando oito ovelhas foram mortas com marcas de furos no pescoço e o sangue totalmente drenado. Depois disso, outros animais começaram a aparecer mortos da mesma forma em outros pontos do mundo, como República Dominicana, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Honduras, Peru, Estados Unidos,  México e Brasil. Diferentes retratos-falados surgiram, mas a maioria das testemunhas alega que o animal era parecido com um cachorro-do-mato, com pele cinza, olhos avermelhados com unhas e dentes afiados. Entretendo, a lenda do  chupa-cabra desapareceu rapidamente. Atualmente, alguns relatos de aparições ainda são registrados, mas a criatura já não causa tanto alarde. 

Creepy Metal Show

É apresentado por Sérgio Pires, com a seguinte proposta: mesclar heavy metal, contos de terror, literatura fantástica e curiosidades do mundo do rock n’ roll.

O Programa conta com a colaboração de diversos escritores e seus contos de terror são lidos durante o programa, além da colaboração de outros Putzgrilícos nos em quadros como Arquivos do medo, além de dicas das series e filmes do gênero.

sextas feiras às 20h 

E-mail: creepymetalshow@gmail.com
Instagram: @creepymetalshow
www.facebook.com/creepymetalshow

Tchaina Bass

Tchaina Bass

Atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e Ligante Anfetamínico. Fundou o Selo Sub_Discos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 9 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.