Sub Club Cultural: Club com proposta cultural diversificada inaugura em Porto Alegre

Sub Club Cultural : Club com proposta cultural diversificada inaugura em Porto Alegre dia 22 de junho

Por Homero Pivotto Jr.

Com inauguração marcada para 22 de junho, o Sub Club Cultural é um club sem clubismos. É o espaço para quem produz cultura, nas suas mais variadas manifestações, mostrar seu trabalho. Do underground à superfície pop. E é, ainda, um portal para noites repletas de satisfação embaladas por diferentes ritmos na companhia de gente que não se apega a rótulos. É diversidade na unidade. Tudo isso com localização privilegiada (Joaquim Nabuco, 288 — Cidade Baixa) e feito por pessoas que querem se divertir proporcionando diversão.

Idealizada pelos produtores culturais e entusiastas das artes Silvia Amaral e Fernando Leggerini de Figueiredo, a casa — com aproximadamente 300m² de área útil —, no point boêmio de Porto Alegre, abre as portas com a mente de seus proprietários aberta para boas ideias. Tipo: se for para somar, é só chegar e apresentar uma proposta. Inicialmente, o local tem dois ambientes, que são um lounge e um club com pista de dança (capaz de abrigar festas ou shows). Ambos pensados para oferecer versatilidade e possibilidades. Intervenções, grafite, exposições, peças de teatro, rodas de conversa e exibições de filmes são algumas das atividades que a casa pretende incluir na programação.

A experiência de Silvia e Fernando é o que chama a atenção. É o diferencial do Sub Club Cultural — com o perdão da rima pobre (risos). A dupla têm trajetória de respeito em casas noturnas, na organização de eventos e na cena musical da capital gaúcha. Ela atuou durante 10 anos como coordenadora de relacionamento do clássico bar Opinião, tendo produzido duas edições do festival Pepsi Twist Land, além de inúmeros espetáculos musicais e festas. Ele é músico desde o início da década de 1990 (tocou com nomes como Visceralia, Júpiter Maçã e Zumbira e os Palmares), técnico de som formado pela Escola de Aprendizagem Moderno (CAM), fotógrafo e foi dono do Revolver (bar e estúdio). Além disso, morou de 1998 a 2000 na Califórnia (EUA), onde atuou como baterista ao lado do brasileiro naturalizado estadunidense Gabriel Positive.

Apesar de assumir o lado empreendedor no momento, o casal também é consumidor que transita e vivencia entretenimento noturno. Por isso, sabe bem o que ofertar para seus clientes: baladas bacanas, ambiente acolhedor, sistema de som com qualidade, banheiros sempre higienizados, pouca fila e preços acessíveis dentro da realidade do mercado.

“Queremos que as pessoas entrem aqui, passem pela porta que sai do lounge e entra no club, e vão para outra dimensão. Que tenham uma experiência sensorial, que sintam-se parte daquilo que somos e estamos dividindo com elas nessa empreitada”, revela Silvia.

 

Mais informações sobre agenda, atrações e promoções nas redes sociais:

Facebook

Instagram

www.subclubcultural.com

 

Se curtir o momento é essencial, bem-vindos ao Sub Club Cultural!

 

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

4 × 5 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.