Sobre Streaming: Spotify x Amazon Music x Apple Music x YouTube Music: qual é a melhor?

Sobre Streaming: Spotify x Amazon Music x Apple Music x YouTube Music: qual é a melhor?

Popularização das plataformas de streaming diversificou opções para todo tipo de público; confira qual se encaixa no seu perfil.

Antes da popularização das plataformas de streaming de música, o Spotify era a opção ideal para quem nunca tinha investido em um serviço do tipo. No entanto, atualmente temos uma série de opções atrativas no mercado que prometem atender as necessidades de todos.

Para te ajudar na escolha, preparamos um comparativo entre o Spotify, Amazon Music, Apple Music e YouTube Music. Descubra abaixo qual deles combina mais com o seu perfil.

Spotify

Não dá para falar em streaming de áudio sem lembrar do serviço que foi pioneiro neste segmento. Lançado em 2008, o Spotify continua na frente dos concorrentes se levarmos em consideração o número de usuários da plataforma. O serviço possui cerca de 200 milhões de usuários ativos, sendo 96 milhões deles assinantes.
A oferta de planos do Spotify inclui uma opção mais em conta que sai por R$ 8,50 mensais – plano criado para atender os estudantes universitários. Neste caso, o usuário tem acesso a playback sem anúncios e a possibilidade de salvar músicas em diversos dispositivos.
Imagem: Funstock/Shutterstock

Spotify é o primeiro colocado em número de usuários ativos. Imagem: Funstock/Shutterstock

Dependendo o uso, o plano Família pode oferecer algumas vantagens interessantes. A primeira delas é a possibilidade de utilizar seis contas diferentes para usuários que moram no mesmo endereço. Quem tem crianças em casa também pode aproveitar o Spotify Kids, um app dedicado especialmente para o público infantil. O serviço também oferece um plano individual por R$ 16,90 e o Duo por R$ 21,90 mensais. Com duas contas Premium diferentes, a última opção é ideal para os casais.

Quem não estiver disposto a investir em um dos planos pagos, pode experimentar o catálogo de 35 milhões de músicas por tempo ilimitado, porém com anúncios e outras limitações. Contas Premium, por exemplo, têm acesso à qualidade superior na reprodução do áudio, além da possibilidade de baixar milhares de músicas em até cinco dispositivos diferentes.

Apple Music

A Maçã já aposta no segmento de áudio desde 2001, ano em que a empresa inovou a indústria da música lançando o iPod e o iTunes. Mas foi em 2015 que a Apple passou a investir no streaming de áudio após adquirir a Beats Music por U$ 3 bilhões.

Como se trata de uma plataforma mais nova, o Apple Music ainda fica atrás do Spotify em número de usuários, com cerca de 40 milhões de contas ativas. Diferente do rival, o serviço da Apple oferece um período de três meses de degustação. Depois disso, o usuário deve optar por algum dos planos ofertados.

Imagem: Sharaf Maksumov/Shutterstock
Apple investiu bilhões para entrar no segmento de streaming de áudio. Imagem: Sharaf Maksumov/Shutterstock

Assim como o Spotify, o Apple Music oferece um plano para estudantes que sai pelo mesmo valor que o concorrente, ou seja, R$ 8,50 mensais. Quem optar pelo serviço da Maçã terá a sua disposição uma biblioteca mais extensa, com 70 milhões de músicas, além de poder baixar até 100 mil títulos para sua biblioteca de áudio pessoal.
O serviço também funciona offline e pode ser acessado em dispositivos diferentes. O plano familiar é similar à oferta do Spotify, sendo seu diferencial a mensalidade de R$ 24,90, valor mais baixo do que o praticado pelo concorrente.

Amazon Music Unlimited

A gigante do varejo oferece duas opções diferentes para o usuário final. A primeira é o Prime Music, que apesar de gratuito possui apenas 2 milhões de músicas no seu catálogo, uma limitação que pode ser importante para a maioria dos usuários.
Quem chega para concorrer com o Spotify e o Apple Music é o Amazon Music Unlimited. Apesar de não contar com um número oficial, a estimativa é de que cerca de 80 milhões de usuários tenham acesso ativo na plataforma. Assim como os rivais, quem assinar o serviço da Amazon terá acesso a playblack sem anúncios e a possibilidade de salvar músicas em até 10 dispositivos, o dobro do que é oferecido atualmente pelo Spotify.

Imagem: Amazon Music/Reprodução
Amazon oferece plano especial para quem já possui algum dispositivo da linha Echo. Imagem: Amazon Music/Reprodução

Em termos de planos, o serviço oferece preço diferenciado para quem já possui algum dispositivo da linha Echo. Neste caso o usuário tem acesso à biblioteca de 60 milhões de músicas por R$ 6,90 mensais, a opção mais barata até aqui. Assim como os concorrentes, a Amazon também oferece um plano familiar para até seis usuários, por R$ 25,90 mensais.

YouTube Music

Assim como o Apple Music, o YouTube Music começou a dar os primeiros passos em 2015, porém desde 2018 a Google vem investindo pesado em busca de novos usuários. Atualmente, o serviço da gigante de buscas já pode ser considerado um rival de peso para o Spotify.
Falando em número de usuários, o YouTube Music tem uma vantagem que pode ser importante. A plataforma de vídeos do Google conta com 200 milhões de usuário ativos. Como os dois serviços funcionam de forma atrelada, a possibilidade de crescimento no futuro é significativa.

Imagem: Sharaf Maksumov/ Shutterstock
Google aposta em anúncios no YouTube para atrair novos usuários para sua plataforma de streaming. Imagem: Sharaf Maksumov/ Shutterstock

Com relação aos planos, o YouTube Music oferece aos estudantes uma opção que conta com um mês grátis mais R$ 8,50 mensais. Já o plano familiar oferece até cinco contas diferentes, e sai por R$ 25,50. Por fim, o plano individual segue custando R$ 16,90, mesmo valor praticado pelos concorrentes.


Uma vantagem do YouTube Music é a sua imensa biblioteca de áudio disponível. Além das 40 milhões de músicas oficiais, qualquer vídeo categorizado como Música no YouTube pode ser acessado no Music, expandindo o catálogo para mais de 100 milhões de títulos. Essa pode ser uma vantagem e tanto para quem gosta, por exemplo, de ouvir covers ou versões diferentes de músicas famosas.


Todos os planos oferecem playback em segundo plano, ou seja, o usuário pode continuar usando o seu dispositivo normalmente enquanto escuta suas músicas. Assim com os concorrentes, a plataforma oferece download de playlists e álbuns para reprodução offline. A qualidade do áudio é a mesma oferecida pelo Spotify. Dependendo da conexão do usuário, o serviço oferece reprodução em até 320 kbps.

Quem é a melhor?

Levando em conta todos os fatores mencionados até aqui, não dá para decidir quem é o vencedor absoluto. O Spotify oferece uma ótima biblioteca, recursos diferenciados e já está no mercado desde 2008.
Tanto o Apple Music como o Amazon Music Unlimited contam com um catálogo de músicas superior ao oferecido pelo rival. O que pode fazer a diferença entre os dois é o preço dos planos e as diferentes opções de download.


Já o YouTube Music conta com um diferencial importante. O serviço de streaming do Google oferece reprodução de vídeos, além de contar com a maior biblioteca de títulos.


A dica é experimentar cada uma das opções para ter certeza de qual atende melhor as suas necessidades. É importante ressaltar que para ter acesso aos planos estudantis, é preciso comprovar vínculo com alguma instituição de ensino.

Veja também:

Qual é o melhor agregador (a) digital para minhas músicas

Facebook vai bloquear transmissões ao vivo com música

Vendas de discos de vinil superam as de CDs em 34 anos

Fantomaticos lança ‘Cabelo Amarelo’, quinto single de seu novo álbum

Por Dentro da Programação #2 HOT STUFF programa só de lançamentos

Nos 70 anos de Zé Ramalho, Sony Music termina de lançar sua discografia em streaming, incluindo faixas raras

Riviera disponibiliza primeiro EP da carreira nos serviços de streaming

Sem Maquiagem, o novo clipe da Cartolas chega HOJE às plataformas de streaming

Dalila no Caos, banda seminal do rock paraibano neste século, chega aos streamings

Fonte: Olhar Digital

Tchaina Bass

Tchaina Bass

Atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e Ligante Anfetamínico. Fundou o Selo Sub_Discos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.