Ratos de Porão – 6 agosto no Opinião em Porto Alegre

Ratos de Porão

Abertura: Diokane

QUANDO: 6 de agosto de 2017 (domingo).

20 horas ( a casa abre às 18h30min).

ONDE: Opinião – José do Patrocínio 834 – Porto Alegre/RS  

 

INFORMAÇÕES:  www.reimagroproducoes.com / www.opiniao.com.br

Ingressos:

Lote promocional*: R$ 45,00 (até às 20 horas da noite do show. Comprando  nos pontos de venda).

* Este é um valor reduzido, por meio de promoção. Disponível por tempo limitado. Este ingresso pode ser utilizado por qualquer pessoa.

Inteira: R$ 60,00

Meia entrada: R$ 30,00

NO LOCAL:

Inteira: R$ 60,00

Meia entrada: R$ 30,00

Para o benefício da meia entrada, é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do show.

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência):

Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência):

Youcom Shopping Praia de Belas, Bourbon Ipiranga, Iguatemi, Barra Shopping Sul, Bourbon Novo Hamburgo e Shopping Canoas

Mil Sons Alberto Bins 366, Coronel Vicente 434 e Alberto Bins 554

Online: www.blueticket.com.br

Ratos de  Porão em Poa!
Ratos de Porão é um ícone do hardcore punk/crossover thrash, formado em 1981 durante a explosão do movimento punk paulista. Com mais de 30 anos de carreira, é referência brasileira no gênero, reconhecido internacionalmente, principalmente em países da Europa e América Latina e também nos Estados Unidos. O quarteto é formado por Jão (guitarra), João Gordo (voz), Boka (bateria) e Juninho (baixo). O mais recente item na longa discografia da banda (que abrange discos de estúdio e ao vivo, coletâneas e um EP) é o álbum Século sinistro, lançado em 2014. As 13 faixas do disco foram gravadas e mixadas com equipamentos analógicos no estúdio Family Mob, em São Paulo, e masterizadas no Fantasy Studios, em San Francisco (EUA).

O som sempre foi brutal e pesado e, segundo depoimentos da banda em entrevistas recentes, Século sinistro soa mais metal do que o anterior, Homem inimigo do homem, de 2006. Nas letras, como de costume, João Gordo – um dos mais carismáticos e contundentes vocalistas de rock no Brasil – aborda de maneira hiperbólica assuntos do cotidiano como violência urbana, alienação das massas e corrupção no poder. Este ano, além de divulgar o disco novo, o Ratos de Porão comemora o aniversário de três décadas de seu álbum de estreia, Crucificados pelo sistema (1984), primeiro LP individual de uma banda punk na América Latina. O quarteto teve sua trajetória contada no documentário Guidable – A verdadeira história do Ratos de Porão (2008).

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

cinco + dezessete =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.