POWER GIRLS Empório Tattoo um show de empoderamento

Neste domingo (11/6) rolou o POWER GIRLS Empório Tattoo, evento realizado com o apoio da Rádio Putzgrila e executado com um casting 90% composto por mulheres.

O evento reuniu tantas pessoas, de força e garra, que vai ser quase impossível citar todos participantes com o devido merecimento, mas vamos lá.

Todos os expositores reunidos eram mulheres – cervejeiras, artesãs, quituteiras… Que trouxeram seus belos trabalhos para exposição, venda e exemplo de que com determinação toda mulher pode ir mais além que uma rotina básica e onde, com muito prazer, participei discotecando com muito rock and roll.

O show começou com a apresentação da cantora e compositora Jess Rose, banda Róque Clube da Luz Vermelha e Projeto Eletro 80.

Na sequência iniciou-se o primeiro momento do Talk Show Rockarina com Carina Gertz e as convidadas:

Ana Cristina Wesp Castro – professora de Pole Dance; falou sobre como passou de “sedentária”, a aluna e conseqüentemente professora de Pole Dance. Recentemente tornou-se empreendedora abrindo seu próprio Estúdio em Canoas e contou como é feliz em executar a tarefa, que se autodeterminou, de ser uma transformadora de vidas.

Ana Tetelbom – consultora e diretora da Mary Kay Brasil, além de publicitária e cantora.

Daiana Malta – empreendedora dona de sua Estética em Canos e especialista em sobrancelhas.

Tarsila – controladora de tráfego aéreo e aluna de pole dance, que falou sobre a conquista de sua profissão e o diferencial do pole dance em sua vida.

Após subiu ao palco a banda Maida, composta totalmente por mulheres, apresentaram o primeiro bloco do show com muito rock.

Chegado o segundo momento do Talk Show Rockarina, Carina recebe as convidadas:

Letícia Rodrigues que falou sobre o ‘GIRLS ROCK CAMP’ que é uma atividade oferecida no período de férias, exclusiva para meninas com idades de 7 a 17 anos, onde durante uma semana elas são convidadas a ter uma experiência muito divertida, aprendendo a tocar um instrumento, formando um conjunto musical, fazendo uma composição inédita própria e fechando com uma apresentação dessa composição ao vivo, aberta para os pais, familiares, amigos e toda a comunidade! Tudo isso em meio a atividades de fortalecimento de auto-estima, desinibição, trabalho em grupo, oficinas e workshops que desconstroem o ambiente competitivo e incentivam o ambiente cooperativo entre as mulheres, pois afinal, JUNTAS SOMOS MAIS FORTES! O ‘Girls Rock Camp’ acontece em vários lugares do mundo, sempre de forma independente e, desde 2013, acontece no Brasil, na cidade de Sorocaba/SP. Algumas meninas, do coletivo GURIAS EM AÇÃO, tiveram o imenso prazer de participar de edições de Sorocaba e agora, juntas, articularam o ‘Girls Rock Camp’ Porto Alegre a realizar-se nas férias de verão de 2017.

Estefânia Weber – feminista, cicloativista, integrante do Pedal das Gurias. Que explanou como essa atividade está muito além da atividade física, trata-se de uma atividade e elevação de autoestima no momento em que as participantes percebem que juntas são mais fortes, criam novos laços de amizades para a vida e descobrem o prazer de andar pelas ruas sem sentir medo.

Gabriela Souza – advogada, que falou sobre o seu escritório ‘Advocacia para Mulheres’ onde atende de forma ampla e única os direitos da mulher, respeitando suas individualidades, através de um amparo integral e com parcerias em todo o Brasil, o objetivo é divulgar os direitos da mulher e assegurar um atendimento jurídico nos âmbitos profissional, pessoal, de gênero e da saúde. A ideia surgiu após uma experiência muito marcante, quando atendeu uma mulher que sofreu assédio sexual no trabalho.  Gabriela também conta que todas as pessoas com quem trabalha são mulheres como mais uma forma de apoiar e incentivar.

Michelle Landgraf – Sócia e Proprietária na Empresa Casual Gastrobar. Bancária por 20 anos, sempre amou muito a sua profissão, quando engravidou pela segunda vez começou a questionar o regime de “servidão” e então começou pensar em uma rota de saída.
Em 2014 adotou um modelo mais saudável de vida e inseriu esse estilo também no cardápio de da papinhas da filhinha, e na escolinha foram surgindo cada vez mais encomendas e de pratos que atendessem a família toda. Percebendo a oportunidade de mercado, resolveu abrir sua própria empresa: Casual Gastrobar, que é composto somente por mulheres. Segundo a Michelle dá “menos grana na conta bancária e mais tempo na conta da família.”

Roberta Mello – Coordenadora do Coletivo Ponto de Cultura Feminista. Corpo, arte e expressão é um projeto coordenado pela ONG Coletivo Feminino Plural, de Porto Alegre, em parceria com outras entidades. Integra a Rede Nacional dos Pontos de Cultura e surge através do desejo de acionar o corpo, em especial o corpo das mulheres, como território de múltiplas possibilidades de expressão. Transformar o mundo transformando a si mesmas é um dos fundamentos do feminismo e guiará essa trajetória.

Em seguida a bailaria e cervejeira, da Cervejaria artesanal Loeffler, realiza sua bela apresentação de dança tribal, impressionando a todos os presentes.

Para encerrar a noite a banda Maida sobre ao palco eletrizando mais uma vez a platéia com muita música boa e com direito a pedido de ‘bis’.

Um momento realmente especial o evento Power Girls que agregou muito com grandes exemplos de determinação e realização.

 

“Um evento onde as diferenças e personalidades se juntaram com o intuito de referenciar o empoderamento e a força femininos”. Anamaria Perez – Maquiadora

“O PowerGirls Empório Tattoo é uma ideia de usar nosso espaço físico para dividir com clientes e comunidade trazendo diversão, cultura e sobretudo o debate e informação que possa ser construida em conjunto. E foi justamente isso que ocorreu no último domingo: muito rock and roll, exposição de produtos feitos por mulheres e o mais importante o debate, a conversa a provocação sobre o tema, nossas portas estarão sempre abertas para expandir essas temáticas e conversar e trocar ideias que é o que nos move.”  Taise Kodama – organizadora PowerGirls Empório Tattoo

“Falar de empoderamento feminino hoje em dia está em alta, mas isso não significa que não seja necessário. Muito pelo contrário! E foi exatamente isso que o Power Girls trouxe como pauta do evento, mas com uma abordagem diferenciada e nada entediante. Transformar o que normalmente seria uma discussão de mesa de debate monótona num talk show trouxe ao público uma experiência dinâmica e muito mais cativante do que normalmente seria. Sucesso para o evento e alegria para público, que sinceramente parecia absorver muito mais dos assuntos discutidos, por ser executado de uma maneira tão leve e divertida! Para mim, foi um baita privilégio ter feito a abertura musical do evento como atração surpresa!” – Jess Rose – cantora e compositora.

“O evento foi maravilhoso, cheio de guria talentosa e gente legal. Esse tipo de espaço é muito importante não só pra quem expõe, mas tb pra quem frequenta, é uma ocupação linda dos espaços…serve de exemplo e inspiração. Me sinto honrada em ter participado. Valeu!”  Michelle Landgraf – Sócia e Proprietária na Empresa Casual Gastrobar

“A primeira edição do evento Power Girls já começou “grande”, sim enorme tocando em um assunto tão importante e tão atual que é o empoderamento feminino e todas as suas vertentes. Mesmo com todos os avanços, ainda faltam muitos espaços para dar voz às mulheres, para que elas possam falar sobre suas conquistas e principalmente falar sobre seus anseios e preconceitos sofridos por vivermos em uma sociedade ainda muito machista. O Talk Show Rockarina conversou com roda de convidadas advindas de áreas bastante diferentes a com experiências diversificadas que enriqueceram o evento. Que contou com diversos expositores, food bikes, cervejas artesanais e atrações como pocket show da atração surpresa Jess Rose, Banda Maida e apresentação de dança tribal de Michelle Loeffler e discotecagem rocker de Sabrina Kwaszko. Tudo isso no Empório Tattoo, um ambiente super criativo, no qual ideias foram tatuadas na pele para serem eternizadas. Uma coisa é certa, essa edição do Power Girls e Talk Show Rockarina é a primeira de muitas.”  Carina Gertz – Relações Públicas, Jornalista e Marketing, também Colunista, apresentadora e locutora.

“Bom, o #powergirls pra mim foi um evento muito importante! Eu como mulher e empreendedora sinto que Porto Alegre precisa de mais iniciativas femininas como esta. Porto Alegre precisa ser emponderada urgentemente e o #powergirls mostrou que isso pode ser uma realidade. Que venha o proximo!”  Larissa Dellavald Henrique – Tríplice Store

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

20 + dez =