Músico carioca recria clássico do Queen em versão orquestral

Considerada um dos maiores clássicos do rock de todos os tempos, “Bohemian Rhapsody”, do Queen, ganha uma roupagem completamente nova no arranjo orquestral do Metalviolin. Muito além do gênero presente no nome, o projeto liderado pelo violinista carioca Thiago Teixeira busca misturar a música erudita e não-erudita através de virtuose e originalidade.  A versão já está disponível nas plataformas de música digital e no YouTube.

 

Veja a versão para “Bohemian Rhapsody”: https://youtu.be/9BASRRzm7BM

Ouça a versão para “Bohemian Rhapsody”: http://bit.ly/MetalviolinQueen

 

A faixa, lançada em 1975 no álbum “A Night at the Opera”, já tinha uma aura próxima à música erudita, composta em movimentos – assim como uma sinfonia – indo da ópera ao hard rock, passando por um solo de guitarra marcante. A canção ganha novo destaque ao dar nome para a cine-biografia da banda britânica que acaba de chegar aos cinemas.

 

“‘Bohemian Rhapsody’ é um música que amo, foi marco na história do Queen, e é muito próxima da linguagem de música de concerto, que é o que respiro mais da metade da minha vida”, conta Thiago.

 

Desde os 15 anos de idade, ele se dedica à música clássica e nos últimos sete ele é um dos violinistas da orquestra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. No fim de 2015, Thiago criou um canal no YouTube com versões de canções de inspiração rocker e nerd, indo dos clássicos do rock, até temas de filmes e séries. Sempre com uma sonoridade bem distinta, seja passando seus inusitados violino por um amplificador de guitarra ou se transformando numa orquestra de si mesmo, às vezes tocando 10 linhas musicais ao mesmo tempo. Suas releituras já renderam mais de 6,5 milhões de visualizações no Facebook e mais de meio milhão no YouTube. Além disso, renderam um EP homônimo no ano passado produzido e com arranjos do artista.

 

Prestes a levar o projeto para os palcos, o Metalviolin lança uma homenagem ao Queen e sua “Bohemian Rhapsody”. A faixa abre o projeto Metacustico, que entrará em turnê como banda.

 

“Desde o início do Metalviolin,  sempre tive o objetivo de criar um formato que pudesse ser levado ao público, fazer música ao vivo com amigos é algo que sempre fez parte da minha vida e não via a hora de colocar isso em prática com o Metalviolin. Bohemian Rhapsody marca o início dessa nova etapa. Traremos, em princípio, versões de músicas que amo… Na verdade, eu e um bocado de gente. Mas vai ser pelo meu ponto de vista, com minhas impressões, nesse novo formato”, conta Thiago Teixeira.

 

Na versão do Queen, gravada por Matheus Dias no A Casa Estúdio, Teixeira é acompanhado por Ciro Magnani no piano e um trio de cordas formado por Maressa Carneiro (violino), Diego Silva (viola) e Daniel Silva (cello). A faixa está disponível nas plataformas de música digital.

 

Veja a versão para “Bohemian Rhapsody”: https://youtu.be/9BASRRzm7BM

Ouça a versão para “Bohemian Rhapsody”: http://bit.ly/MetalviolinQueen

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

20 − um =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.