Max Sudbrack apresenta ‘Kind of Duo na Biblioteca Pública do Estado

Max Sudbrack (piano) e Matheus Pasquali (baixo acústico) mesclam irreverência e criatividade, em um repertório de clássicos do jazz, do rock e da música popular brasileira, além de temas autorais, em ”Kind of Duo”. Com linguagem jazzística, o show será atração do projeto Chapéu Acústico, no dia 23 de abril (terça-feira), a partir das 19h, na Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1190). A entrada se dá mediante contribuição espontânea.

Esse é o resultado desse encontro feliz e oportuno entre dois músicos e amigos que estão há anos desenvolvendo um trabalho musical sólido e consistente na cena musical porto-alegrense. O repertório vai de Kurt Cobain a Tom Jobim, incluindo standards do jazz, temas autorais dos dois músicos, bossas e clássicos do rock, adaptados para o formato duo. Após tocarem com nomes como Jorginho do Trompete, Pedro Tagliani (Raiz de Pedra), Kula Jazz, entre outros, Max Sudbrack e Matheus Pasquali decidiram apostar no trabalho autoral em formato compacto, revisitando obras dos mais variados gêneros no formato jazzístico. Em março último a dupla lançou seu primeiro EP, com quatro temas autorais.

 

MAX SUDBRACK

O músico de 30 anos se iniciou no piano erudito aos 6. A partir de 2011 criou projetos como: Kula Jazz, Kind of Blue com Jorginho do Trompete Quarteto, Cine Floyd e Sopro Cósmico. Paralelamente, participa de outros grupos: Mr. Jethro (Jethro Tull Cover), Roadhouse Band (The Doors Cover), Allseeone (MPB autoral ) e Kind of Duo (jazz).

Em 2011 fez concerto no Foyer Nobre do Theatro São Pedro, tocando obras virtuosas de Beethoven, Tchaikovsky e Chopin. Em 2014 lançou o disco “Outono Psicodélico” da Sopro Cósmico e no ano seguinte, “Kula Jazz”. Em 2018 lançou quatro EPs solos: “O Monstro”, “Kind of Duo”, “Ministério da Fritura” e “Window of Reflection”.

CHAPÉU ACÚSTICO

Realizado conjuntamente pelo produtor Marcos Monteiro e Biblioteca Pública do Estado (BPE) – instituição da Secretaria da Cultura do Estado do RS – o projeto vem, desde setembro de 2016, movimentando o Salão Mourisco, com performances de grandes nomes do cenário musical gaúcho, entre instrumentistas de formação jazzística e cantores (as). A ideia surgiu da vontade de desenvolver atividades musicais sem depender de verba pública ou privada, com a parceria de artistas profissionais, dispostos a movimentarem a cena artística. A ação se dá sem cobrança de ingressos, usando o chapéu como forma de arrecadação, como acontece nas performances de rua.

SERVIÇO:
Datas: 23 de março de 2019 (terça-feira).
Hora: a partir das 19h.
Local: Biblioteca Pública do Estado/BPE-RS (Riachuelo, 1190).
Informações: Na BPE-RS, pelo telefone (51) 3224-5045 ou com o produtor, Marcos Monteiro, via e-mail duearth@terra.com.br.

Entrevistas: Com Marcos Monteiro – fones 3013-2236 e 9935-0608.
Contribuição espontânea.

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

5 × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.