Lo-Fi prepara novo disco para celebrar 10 anos de carreira

Lo-Fi prepara novo disco para celebrar 10 anos de carreira

Sucessor do alucinado “Meddling in Regressive Rock” começa a ser gravado no segundo semestre de 2018

Compor, gravar e tocar é o mantra do power-trio Lo-Fi, que completa 10 anos em 2018 com a mesma intensidade de sempre para lançar material e cair na estrada. As novas músicas que começam a ganhar forma vão compor aquele que será o 12º registro da banda, que vai com facilidade do punk ao rock garage e faz experimentos com a psicodelia do progressivo, surf music e blues. 

O início do processo de composição de um novo álbum é confirmado pelo vocalista/guitarrista Thiago. “Vamos começar a gravar em julho! A ideia é gravar um discão, mas o formato ainda vamos definir mais pra frente”. Diferente dos anteriores, o futuro registro da Lo-Fi será produzido no home-estúdio da banda, que segundo ele, pelo o fato de ter mais tempo para gravar e compor quase que ao mesmo tempo,  vai resultar num material ainda mais visceral e roqueiro.

Celebrar a intensa primeira década é um divisor de águas para o Lo-Fi, que hoje demonstra maturidade e escancara diversas influências de música americana, embaladas numa sonoridade consistente energética. Para a banda, que também tem Rogério (baixo) e Marcelo (bateria) na linha de frente, os 10 anos trazem a responsabilidade de zelar pela trajetória até aqui construída. “Nosso foco é e sempre foi a música, tocar; fazíamos música, juntava uma quantidade, gravava, lançava. Mas agora estamos com 10 anos de banda, quase 40 anos de idade. A gente precisa priorizar algumas coisas hoje em dia que antes não precisava tanto”, conta Thiago.

O que o guitarrista fala é em relação à vida da Lo-Fi nos palcos. Nesta nova etapa, a banda pretende continuar na estrada, mas sem a urgência de se apresentar à exaustão e em qualquer lugar.  Thiago lembra dos shows já realizados em locais com estrutura mínima, totalmente underground, ao mesmo tempo em que a banda já fez três turnês pelos Estados Unidos, além de participar do Abraxas Skate Jam em São Paulo, em 2016 como convidada do The Shrine, do Festival Dosol 2016 e do Laja Festival em 2017. “Tudo isso só faz sentir orgulho, queremos mais 20 anos, mas vamos mais devagar, porém mais sólidos do que nunca”.

O último álbum da Lo-Fi é o vibrante “Meddling in Regressive Rock”, que combina quase todas as sonoridades já experimentadas pela banda até agora, lembrando até mesmo as influências básicas e cruas como, batidas duras rápidas, canções curtas. Foi aqui que nasceu o rótulo “rock regressivo”, vez ou outra utilizado para tentar explicar o que é o legado do power-trio, ainda em construção, “à tal da cena roqueira”, como fala Thiago.
 
Foto: I Hate Flash
Lo Fi nas redes sociais
 
Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

quatro × dois =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.