Happy Hour Putzgrílico #20 com Cartel da Cevada + LaMarquez

hh #20

A casa abre às 19h e a dose pupla de chopp vai até as 21h. No playlist, o melhor do rock da programação da Rádio Putzgrila.

O ingresso é 15 pilas na hora e sócio do Putzgrila Rock Clube não paga ingresso.

Chega cedo pra aproveitar a dose dupla até as 21h, grandes clássicos do rock e ainda colabora com a rádio rock de verdade!

Sobre Cartel da Cevada
————————–————————–————————–————
É uma mistura forte e única de influências musicais do rock setentista debandas como Black Sabbath, Led Zeppelin e AC/DC, fundidas com a tradição regional gaúcha de contos e causos, onde a realidade e o fantástico se misturam.

Fundado em 2004, lançou sua primeira demo em 2005. No início de 2011 o primeiro disco do Cartel da Cevada foi lançado no formato SMD, tecnologia brasileira ambientalmente responsável.

Em 2017 estamos preparando um grande salto, que irá romper paradigmas e renovar as possibilidades da música: com apoio da Secretaria de Cultura do Município de Porto Alegre, a banda irá gravar o álbum“Cartélico Vol. 1 – Fronteira, Trago e Querência”, uma produção que mistura rock e regionalismo em um álbum conceitual ao mesmo tempo inovador e audacioso no cenário musical. O álbum contará com as participações de diversos músicos do cenário musical gaúcho, que emprestarão seu talento e suas vozes para os personagens da história.

 

Sobre Lamarquez
————————–————————–————————–————
Quando algum integrante da banda é perguntado sobre qual o estilo da banda, respondem sem titubear: Rock. Mas logo vem outra pergunta: ok, mas que tipo? Parece qual banda? Essa resposta é mais difícil, porque a Lamarquez faz um som parecido com… Lamarquez, talvez?! Sim, nem os próprios integrantes sabem definir ou rotular. Isso é resultado do ecletismo de seus membros, que são influenciados por bandas de metal até artistas do pop e mpb. Para ilustrar essa mistureba de ritmos, estes são alguns dos artistas dos quais dizem influenciar o som da banda: Metallica, Foo Fighters, AC/DC, Teatro Mágico, Michael Jackson, John Mayer, Aerosmith, Stevie Ray Vaughan, Joe Satriani, Planet Hemp, Pink Floyd, Pearl Jam, Jamiroquai, Lenine, Roupa Nova, The Who. E não para por aí.

A banda também não segue uma regra em suas letras, que surgem em variados temas: relacionamentos, reflexões, protestos, pessoas e o cotidiano em geral.

Lançou seu primeiro single virtual em 2014, a música “Traga o Sol”. Em 2015, lançou seu primeiro clipe, da música “Heroína”, com direção e produção de Igor Assunção, que além de assinar a direção do DVD Rosa Tattooada: ao vivo no Opinião de 2010, também dirigiu diversos clipes, videoreviews, e performances ao vivo de artistas como, New Found Glory, Black Veil Brides, Millencolin, Fito Paez, Mr.BIG, Black Label Society, Cartel da Cevada, NOFX… Clipe que deu uma repercussão muito positiva para a banda, que pretende no primeiro semestre de 2016 lançar seu 1° EP independente, somente com músicas autorais. Apostando na não-linearidade das músicas. E como dissemos anteriormente, a Lamarquez é uma banda de Rock, e Rock com “R” maiúsculo.

 

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

dezoito − dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.