Glenn Hughes toca o disco ‘Burn’, do Deep Purple, em Porto Alegre

ABSTRATTI PRODUTORA

APRESENTA:

GLENN HUGHES

TOCANDO O DISCO ‘BURN’ (DEEP PURPLE)

16 de outubro, quarta-feira, no Opinião

O fogo move gerações. É parte da história da humanidade, seja como elemento evolutivo ou destrutivo — vide o recente incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris. E, enquanto o mundo arde em polêmicas e conflitos, uma chama precisa ser mantida acesa: a do rock’n’roll que nos aquece a alma. Por sorte, sempre há quem carregue essa tocha com muito brilho. É o caso do iluminado Glenn Hughes, que retorna a Porto Alegre em 16 de outubro (quarta-feira) para tocar o clássico Burn, do Deep Purple, na íntegra. O show ocorre no Opinião (Rua José do Patrocínio, 834), às 21h, e inclui também outros clássicos incandescentes da carreira do veterano baixista e vocalista.

::::: GLENN HUGHES TOCANDO ‘BURN’ :::::

Local:

Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Classificação etária:

14 anos

Quando:

16 de outubro, quarta-feira, às 21h

Horários

19h30min — abertura da casa

21h — Glenn Hughes tocando BURN

Ingressos

PREMIUM

Primeiro lote

Inteira — R$ 220,00

Solidário — R$ 180,00 *

Meia — R$ 110,00 **

 

Segundo lote

Inteira — R$ 270,00

Solidário — R$ 220,00 *

Meia — R$ 135,00 **

 

Terceiro lote

Inteira — R$ 300,00

Solidário — R$ 240,00 *

Meia — R$ 150,00 **

 

TODOS OS INGRESSOS PREMIUM GANHAM O LIVRO ‘GLENN HUGHES – A AUTOBIOGRAFIA’ (os livros serão entregues no dia do show)

 

PISTA

Primeiro lote

Inteira — R$ 170,00

Solidário — R$ 140,00 *

Meia — R$ 85,00 **

 

Primeiro lote

Inteira — R$ 200,00

Solidário — R$ 160,00 *

Meia — R$ 100,00 **

 

Terceiro lote

Inteira — R$ 220,00

Solidário — R$ 180,00 *

Meia — R$ 110,00 **

 

* Solidário — limitados e válidos somente com a entrega de 1kg de alimento não perecível na entrada do show.

** Meia-entrada — para estudantes são válidas somente as seguintes carteiras estudantis: ANPG, UNE, UBE’s, DCE’s e demais especificadas na LEI FEDERAL Nº 12.933. Não será aceita NENHUMA outra forma de identificação que não as oficializadas na lei.

Pontos de venda (sujeitos à taxa de conveniência):

Online (em até 12x no cartão)

www.sympla.com.br

Lojas (somente em dinheiro)

SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:

Multisom — Shopping Iguatemi, 1º piso. Fone: (51) 3328-8448.

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA:

Multisom — Rua dos Andradas, 1001. Fone: (51) 3931-5381.

Multisom — Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3931-5300.

Multisom — Barra Shopping Sul, térreo. Fone: (51) 3931-5223.

* A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

* Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

GLENN HUGHES TOCANDO BURN

Era 1973 quando o baixista e vocalista Glenn Hughes (ex-Trapeze) entrou para o Deep Purple substituindo ninguém menos do que Roger Glover. Mesmo carregando um groove do soul nas quatros cordas e um vocal potente, o inglês não assumiu as duas funções (baixo e voz). Logo, foi convocado o então novato cantor David Coverdale, que entrou no lugar de Ian Gillan. Ao lado de Ritchie Blackmore, (guitarra), Jon Lord (teclado) e Ian Paice (bateria), os recém-chegados músicos lançaram um dos álbuns de maior poder de fogo do Purple: Burn (1974).

Com o intuito de trazer à tona novamente a força incandescente dessa obra que completa 45 anos em 2019, Glenn está excursionando pelo mundo executando todas as faixas nela contidas. E, mesmo que o veterano inglês não tenha sido creditado à época como compositor das músicas, é sabido que teve participação fundamental no processo de criação. Tanto que, na edição do 30º aniversário do registro, seu nome foi incluído na lista de compositores.

O disco já abre com a incendiária faixa-título e seus riffs poderosos, trazendo ainda uma inflamada divisão de vozes entre Hughes e Coverdale. Dali para diante o que se ouve é uma sessão de dança do fogo. ‘”Might Just Take Your Life’, ‘Lay Down, Stay Down’, ‘Sail Away’, ‘You Fool No One’, ‘What’s Goin’ On Here’, ‘Mistreated’ e ‘A’ 200’ não deixam o clima esfriar.

Além de tocar Burn por completo, o repertório do show em Porto Alegre deve incluir outros temas que tornaram o Deep Purple uma das bandas mais quentes da história do rock.

RESUMO

O quê: Glenn Hughes tocando Burn

Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Quando: 16 de outubro, quarta-feira, às 21h

Quanto: R$ 110 a R$ 270

Participe do sorteio

TrophySorteio 1 ingresso Glenn Hughes
Suas Chances
0
Total
12
Dias
145
Quer um ingresso pra curtir o show do Glenn Hughes no Opinião?

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

catorze + 8 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.