Festival Independente: Arte e solidão invadem a capital portoalegrense no final de semana

Terceira edição do festival “Solidão A gosto” reúne artistas locais e nacionais em espaços públicos

Giulia Barão, por Flávio Dutra; 2ª edição
Se o mês de agosto é o mais frio de Porto Alegre, há dois anos ele vem sendo menos solitário. Nos dias 22, 23 e 24 de agosto acontece a terceira edição do “Solidão A gosto”, festival independente de performances que aborda as várias formas de solidão à partir da concepção de artistas convidados. Mesclando as linguagens das artes cênicas, as visuais e as sonoras, o projeto reúne um total de13 apresentações em espaços públicos durante três dias de programação, com seis apresentações diárias, entre às 11h30 e 19h30.O elenco é formando por 13 artistas locais e 07 nacionais, que enviaram trabalhos em vídeo através de edital. 
“Solidão A gosto” inicia sua terceira edição com a projeção do trabalho “Wefwolf“, de Marcos Klann, de Florianópolis, às 11h30, na Trensurb. Às 12h, no Largo Glênio PeresCarina Sehn apresenta “In[penetrável]“, onde fica dentro de um cubo de madeira de 72cm² durante uma hora. Já no sábado, 23,  “Quem sou eu?”, a primeira performance do segundo dia, acontece dentro de linhas de ônibus, com o bailarino DRIKO, às 12h, no Centro; às 16h o premiado Marcelo Armani instala amplificadores e microfones na Praça da Alfândega. No domingo, 24, às 16hMartin Heuser realiza pinturas em telas com explosivos, “A Pintura Não Está Morta Ainda“,próximo ao Anfiteatro Pôr-do-sol. 
No dia 30 de agosto, na Galeria Península (Rua dos Andradas, 351), às 17h, a performer Andressa Cantegari apresenta “A Solidão é estado de desamor”. Logo após, também na Península, acontece o bate-papo “Tecnologia, documento e performance“, com mediação de Raisa Torterola e participação de Andressa Cantergiani, Wagner Ferraz e pesquisador convidado. Ambos aberto ao público.


Para conferir os detalhes de cada apresentação, os horários e locais, basta entrar no site 
http://solidaoagosto.wordpress.com/os-encontros-2/  ou na página do facebook, www.facebook.com/SolidaoAGosto.




PROGRAMAÇÃO:

DIA 22 DE AGOSTO (Sexta-feira)

11h30 | Marcos Klann (Florianópolis), performance transmídia “Wefwolf” | Trensurb 

12h | Carina Sehn, com “In[penetrável]” | Largo Glênio Peres

13h30 | Michele Schiocchet (Curitiba), performance transmídia “Selves sufficiency” | Trensurb

14h | Bruna Castro | Rodoviária

16h | Emily Chagas, com “A distância do eu” | Terminal de ônibus Assis Brasil (Triângulo)

Entre 17h05 e 18h 47 | Anderson de Souza, com “Não venha me assistir” | Entre a Avenida Assis Brasil e a Avenida Benjamin Constant

.
DIA 23 DE AGOSTO (Sábado)

12h | Adriano Oliveira (DRIKO), com “Quem sou eu?” (idealizado por Raisa Torterola) | Linhas de ônibus T9 e T 11 (saindo do fim da linha – Centro)

13h30 | Anderson Feliciano (Belo Horizonte/ Buenos Aires), performance transmída “Con un desierto entero para caminar  |Centro 

14h | Silvana Rodrigues, com “O couro dá de si” | Praça João Paulo I ( Av. Jerônimo de Ornelas, esquina com Rua Vieira de Castro)

15h30 | Paloma Parentoni (São Paulo), performance transmídia “Peso em Memórias” | Centro 

16h | Marcelo Armani | Praça da Alfândega

Entre 17h 40 e 18h55 | Wagner Ferraz, com “Não venha me assistir” | Entre a Rua dos Andradas e Avenida Borges de Medeiros (Centro)

19h | Priscilla de Paula (Juiz de Fora), performance transmídia “Capítulo 3? | Vila Flores ( Rua São Carlos esquina com Rua Hoffman – Bairro Floresta)


DIA 24 DE AGOSTO (Domingo)

12h | Gregório Airton | Parcão (Laguinho)

13h30 | Amábili de Argilas (Rio Grande), performance transmída “Uma Busca” | Usina do Gasômetro

14h | Vinícius Meneguzzi | Redenção (próximo ao Monumento Expedicionário)

16h | Martin Heuser, com “A Pintura Não Está Morta Ainda” | Península da Av. Edvaldo Pereira Paiva (próximo ao Anfiteatro Pôr do Sol, ver mapa: https://goo.gl/maps/PqCsd)

Entre 17h01 e 18h30 | Lu Trevisan, com “Não venha me assistir” | Entre Anfiteatro Pôr do Sol e Parque Marinha do Brasil

19h | Talma Salem (São Paulo), performance transmídia “Travesía” | Usina do Gasômetro


DIA 30 DE AGOSTO (Sábado)

17h | Andressa Cantergiani, com “A solidão é estado de desamor” | Galeria Península (Rua dos Andradas, 351, próximo ao Museu do Trabalho)

18h | Bate-papo “Tecnologia, documento e performance”, com Wagner Ferraz, Andressa Cantergiani, Raisa Torterola, elenco e convidado especial | Galeria Península (Rua dos Andradas, 351, próximo ao Museu do Trabalho)

 
SERVIÇO:
III Solidão A gosto – Performances Urbanas
Dias: 22, 23 e 24 de agosto de 2014
Horários: 11h30, 12h, 13h30, 14h, 16h, 18h, 19h30 | 06 performances por dia
Locais: Diversos locais de Porto Alegre
Encerramento: 30 de agosto de 2014, 17h, Galeria Península (Rua dos Andradas, 351)
Aberto ao público


Related posts

Leave a Comment

14 − 11 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.