Putzgrílicos e Putzgrílicas, feliz ano novo!

It’s a long way to the top… ou, feliz ano novo!

É Putzgrílicos e Putzgrílicas, sabemos que 2017 não foi um ano fácil para a maior parte de nós, reles mortais. A nível nacional, vivemos uma das piores crises políticas e econômicas da história do país, assistimos de cadeirinha a volta de um conservadorismo que acreditávamos já estar começando a deixar de existir, sendo estes, um reflexo de movimentos mundiais, que afetam nossas vidas cotidianamente, mesmo que queiramos pensar que não.

 

 

Tem uma frase do Einstein, aquele físico maluco que tem cara de quem gostaria de Kiss, se tivesse tido a oportunidade de ouvir, que diz que “a criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias” , e é dela que lembro sempre que me pego contestando o cenário no qual temos vivido.

Outra coisa que me faz pensar muito é a história do Rock n’ Roll e o contexto adverso no qual o gênero surgiu e se tornou popular. O Blues, pai do Rock, irrompe em um momento conturbado, cantado pelas bocas dos negros que buscavam alívio aos suplícios da escravidão e se espalha pelo mundo lá pelos idos de 1912… Falando sobre as mazelas e amores da vida, sobre a dor do corpo e da alma. Aos poucos, o gênero vai caindo no gosto dos jovens, que vivem um período de guerras e contestação e encontram na música uma forma de grande e libertadora expressão. É com o Rock n’ Roll que a voz das minorias ecoa pelo mundo.

 

 

E é graças a essas pessoas que encontraram alívio cantando seus amores e seus descontentamentos que a Rádio Putzgrila nasceu. O amor ao Rock deu vida a esse veículo que não é apenas mais um canal onde se escuta música. A Putz é o meio onde um coletivo de produtores, jornalistas, músicos, agitadores e adoradores do Rock se encontrou, para dar seu apoio e ajudar a continuar essa linda história. No melhor modelo “do it yourself”, criamos um veículo de comunicação único, que apoia e divulga o “novo Rock”, sem nunca esquecer de nossas raízes.

 

 

Em 2018 continuaremos a viver momentos críticos, cabe a nós buscarmos soluções criativas e tentarmos transformar o mundo, afinal, se escravos não desanimaram e fizeram  arte de seu sofrimento, quem somos nós para esmorecer e desistir dessa ideia de fazer do planeta Terra um lugar melhor?

 

 

Este ano a Putz entra na sua puberdade, completando 12 anos de existência e vamos continuar nos dedicado a tudo que gostamos de fazer. Vamos gerar muito conteúdo de qualidade, levando aos nossos ouvintes o melhor do Rock n’ Roll, seja em festas e shows que realizamos, programas que transmitimos, matérias que publicamos em nosso site ou em newsletter (que tu pode se inscrever para receber no fim deste texto). E como tudo que fazemos, essa news é planejada pensando no que nossos ouvintes curtem, então, entra em contato conosco, dá a tua opinião, sugere pautas, indica bandas… Pede teu som!

Ana BeiseRádio Putzgrila

RockNews

* 


Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

11 − três =