Dance of Days fará shows pelo Rio Grande do Sul neste fim de semana

A banda de hardcore paulista Dance of Days fará um minitour pelo Estado entre sexta-feira e domingo. Confira as datas e os serviços de cada show.

12/04 (sexta-feira)-  Dance of Days + Lapso de Insanidade + Diatribe + Imorale + Change Your Life | Local: Eclipse Pub Bar – Sapucaia do Sul/RS | 21hs. Ingressos antecipados R$15. Na Hora R$20.

+ Infos na page do evento no Facebook: http://goo.gl/w1Ekk

13/04 (sábado) – Dance of Days + Diatribe + Toma! + Bidu Silas | Local: Sunset Pub – Santa Cruz do Sul/RS| 22:30hs. Ingressos antecipados R$15. Na hora R$25.
+ Infos na page do evento no Facebook: http://goo.gl/Jl2Xl

14/04 (domingo) – Dance of Days + Suerte | Local: Signus Pub – Porto Alegre/RS | 18hs. Ingresso a preço único R$25 (capacidade limitada).
+ Infos na page do evento no Facebook: http://goo.gl/J5wUP

Sobre a banda:

 

UMA RÁPIDA HISTÓRIA QUE NÃO TEVE FIM

A banda paulistana DANCE OF DAYS está na estrada há mais de quinze anos, tendo seu primeiro single “Six First Hits” cravado o início de sua história em meados de 1997, após a dissolução da banda PERSONAL CHOICE, seminal banda de hardcore de São Paulo, da qual seu vocalista, Nenê Altro, também foi frontman, de 1993 a 1996.

Seguindo a linha mais melódica da música punk e pós-punk, e com letras pessoais e que remetem ao rock nacional dos anos 80 com poesia, literatura e metáforas mitológicas, o DANCE OF DAYS conquistou gerações de fãs fervorosos e fiéis, ao longo de seus dez discos lançados e distribuídos de forma totalmente independente e autoproduzida.

Em 2001 lançam seu primeiro álbum, “A História Não Tem Fim” e conseguem cadeira cativa no tradicional Hangar 110, casa que, desde então, lotam ano após ano em suas apresentações. No mesmo ano surpreendem em sua apresentação no programa Muzikaos da TV Cultura, ao lado de seus professores britânicos do UK Subs, com a qual conquistam todo país.

Em seguida cruzam as barreiras estaduais e fazem apresentações em Belo Horizonte, Porto Alegre, Vitória, no Rio de Janeiro e em diversas outras metrópoles brasileiras, onde retornam sempre e fazem uma grande festa. Em 2002 lançam seu segundo álbum, “Coração de Tróia”, com o qual alcançam o nordeste do país e saem em tour com o AVAIL, de Richmond, USA.

Seu álbum de 2004, “A Valsa de Águas Vivas” recebe destaque em várias revistas de rock com a participação de Fernanda Takai, do Pato Fu, na faixa “Adeus Sofia”, que se manteve por muito tempo na programação da Brasil2000 FM e levou a banda a encabeçar o festival São Paulo Independente, produzido pela rádio.

Em 2005, com “Lírios Aos Anjos”, seu álbum mais oitentista, e a tour de seu primeiro DVD, “Metrópoles Em Chamas”, os leva à décima quinta edição do Abril Pro Rock 2007 em Recife e ao Porão do Rock em Brasília. No mesmo ano gravam o álbum “Insônia 2008” com o qual excursionam novamente no ano seguinte por todo país.

“Ao Que É Bom Nessa Vida”, de seu álbum de 2008, “A Dança Das Estações”, recebe vídeo clipe cinematográfico com crianças e destaque na programação nacional da Mtv. O álbum também encabeçou o projeto pioneiro “álbum virtual” promovido pela Trama, chegando a ter mais de quinze mil downloads – Aliás, em dados que podem ser conferidos, o DANCE OF DAYS foi banda campeã de downloads (um milhão) e streamings (três milhões) no Tramavirtual até o fim de suas atividades em 2013, mas isso já é outra história.

Continuando, mais uma vez lotando o Hangar 110, gravam em 2009 seu primeiro cd ao vivo e DVD, “Canções Proibidas”. Em 2010, gravam um cd sem nome que ganhou o apelido de “Disco Preto”, uma piada devido a banda ter lançado um dos álbuns mais pesados de sua história com a arte toda preta para contrapor a “onda colorida” que se alastrava pelo rock nacional.

E desde que botou seus pés na estrada, o DANCE OF DAYS não parou de tocar jamais, nem com as explosões e quedas tanto dos festivais quanto da popularidade do estilo “alternativo”, nem com as modas que vem e vão e as quebras do mercado fonográfico. Muito pelo contrário, em 2012 reuniram milhares de fãs em histórica apresentação na Virada Cultural de São Paulo.

Nenê Altro (40), vocalista, Marcelo Verardi (35), guitarrista, Fausto Oi (33), baixista e Samuel Rato (33), baterista, seguem com a mesma vontade de quando formaram suas primeiras bandas punks. Nesse momento estão trabalhando em novas músicas, para um novo álbum, a ser lançado ainda em 2013 e ainda de forma independente, passional e dedicada.

ÁLBUNS:
“A História Não Tem Fim” (CD) – 2001
“Coração de Tróia” (CD) – 2002
“1997/1998? (CD) – 2003
“A Valsa de Águas Vivas” (CD) – 2004
“Lírios Aos Anjos” (CD) – 2005
“Insônia 2008? (CD) – 2007
“A Dança das Estações” (ÁLBUM VIRTUAL/CD) – 2008 e 2011
“Canções Proibidas” (CD AO VIVO + DVD) – 2009
“Disco Preto” (CD) – 2010
“Arquivos Mortos Vivos” (CD) – 2011

SINGLES e SPLITS:
“6 First Hits” (CD-EP) – 1997 e 2000
“Split Bike” (CD split c/ Dominatrix) – 2001

DVDs:
“Metrópoles Em Chamas” – 2007
“Canções Proibidas” – 2009

Shows: oficialdance@gmail.com

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

12 − 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.