Cartolas e Scalene se apresentaram no Bar Opinião

POR SABRINA KWASZKO – A LOCUTORA MAIS ANTIGA NO AR APÓS O FUNDADOR

Na noite de sábado, 02\12, rolou os shows de duas bandas de rock nacional no palco do bar Opinião em Porto Alegre\RS. Os gaúchos da banda de rock Cartolas e os brasilienses da banda de stoner rock e rock alternativo Scalene se apresentaram para uma casa cheia.

A banda Cartolas, com 14 anos e quatro álbuns, subiu ao palco com Deluce, André Silveira, Christiano Todt, Dyego Gheller e Pedro Petracco a rapaziada tocou sons novos mesclados com sucessos da banda como ‘só que não’, ‘um segundo’, ‘zero a zero’, ‘a vaia do despertador’ entre outras e não necessariamente nessa ordem e pra encerrar tocaram ‘original de fábrica’.

Na sequência a aguardada banda Scalene, banda com oito anos e quatro álbuns de estúdio mais um ao vivo, subiu ao palco Gustavo Bertoni , Tomas Bertoni, Lucas Furtado e Philipe “Makako”.  Também apresentaram uma mescla das músicas do seu mais novo álbum “Magnetite”e sucessos da banda. Rolou músicas como ‘extremos pueris’, ‘ponta do anzol’, ‘trilha’, ‘vultos’, ‘sonhador II’ cantada aos brados por todos, rolou a ‘frenesi’ que o próprio nome a descreve, a esperada e pedida ‘distopia’ que fala sobre a sociopatia dos religiosos que abusam da ingenuidade de seus fiéis e eleitores, entre outras e não necessariamente nessa ordem e pra finalizar claro que não poderia ser outra que não seu maior sucesso ‘nós maior que eles’ que fala sobre a submissão e entorpecimentos do povo brasileiro diante da situação atual do povo brasileiro. A banda tem esse perfil de músicas com um ‘algo a mais’ digamos onde procura puxar a consciência existencial de cada um em algumas canções e em outras o demonstra todo o repúdio à política corrupta de nosso país que rola solta sob o consentimento de uma nação. Precisamos que bandas assim tenham mais espaço e sejam mais ouvidas, a censura velada em eu vivemos não permite a bandas como essa chegarem facilmente às grandes massas, ouçam e prestigiem, hoje em dia quem canta canções do estilo “que dão no meio” são bandas muito engajadas sim afinal não é todo mundo que tem o dom de tocar um instrumento bem, escrever letras bem estruturadas e com conteúdo e ainda por cima arrebentar no palco.

Prestigiem e apoiem o Rock Nacional e a Rádio Putzgrila que sempre apoiou através desses 11 anos e continuará apoiando nossas bandas, participem do Putzgrila Rock Clube, curta e compartilhe nossas notícias de rock, ouça nossa programação e apresente a rádio para os amigos, juntos somos mais fortes para lutarmos em prol da cultura do rock e a disseminação de música de qualidade derrubando o muro invisível da censura velada.

www.cartolas.com.br

www.bandascalene.com.br

 

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

18 − 2 =