Borduna lança single e videoclipe que discute a impunidade da Ditadura Militar no Brasil

A caxiense Borduna, está lançando o seu primeiro single e videoclipe, com a música “Maré Vermelha”. A faixa, está sendo utilizada para promover o primeiro trabalho da banda, um EP homônimo, que estará em todas as plataformas digitais a partir do dia 10 de maio, lançado pela Alforge Records.

A composição, criada ainda em 2014, aborda a impunidade dos crimes políticos que ocorreram durante o período da Ditadura Militar no Brasil, entre os anos de 1964 e 1985.

Segundo a banda, a música surgiu há seis anos, baseada na cinebiografia de Zuzu Angel. De acordo com registros, o corpo do filho da estilista, o ativista Stuart Angel Jones, foi jogado em alto mar, após ter sido torturado até a morte. Baseada nesse fato, a composição trabalha com a ideia da verdade que retorna com maré do mar, como a ferida que não pode ser omitida.

O videoclipe aborda essa temática por meio de recortes de documentos, registros fotográficos, audiovisuais, e de cenas gravadas pela banda. Esses elementos são utilizados com o objetivo de transportar o espectador para atmosfera dos porões do regime militar.

Conheça a Borduna

Fundada em abril de 2014, o quarteto — atualmente formado por 
Cleber Mignoni Zeferino (baixo e vocais), Éverton Severo (guitarra e vocais), Fabiano Caliari (bateria) e Rudinei Picinini (vocais) — já acumulou uma pequena bagagem de shows e festivais em sua cidade natal e no Vale dos Sinos.

Esteticamente, a banda explora subgêneros relacionados às vertentes do punk — como o post-hardcore e o hardcore melódico. No primeiro EP, o grupo afirma que também serão encontradas influências do stoner rock, do noise, do metal e de vertentes folclóricos, como a milonga.

O primeiro trabalho terá como intuito legitimar a proposta construída nos últimos anos, e reforçar o objetivo da banda de ser reconhecida por suas raízes latino-americanas, e não apenas como mais uma reprodutora comum do gênero.

O single “Maré Vermelha” está disponível também em todas as plataformas de streaming.

Ficha técnica da faixa

 Letra | Rudinei Picinini

Música | Cléber Mignoni Zeferino, Éverton Severo, Fabiano Caliari e Rudinei Picinini

Produção Musical | Éverton Severo / Borduna
Apoio | Leo Scherer / André Argemi / Carlos Balbinot / Francisco Maffei
Captação | André Argemi / Leo Scherer / Arthur Noswitz no estúdio Eletrola (São Leopoldo) em 2014; Éverton Severo, entre 2017 e 2019 no HomeStudio Divisa (Caxias do Sul)
Mixagem e Masterização | Éverton Severo

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

dois × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.