Bidê ou Balde comemora 15 anos

Bidê ou Balde comemora 15 anos

A banda gaúcha Bidê ou Balde, que completa 15 anos de carreira em 2013, fez dois shows em sequência na noite de ontem pra comemorar a marca e também pra divulgar o seu mais recente trabalho, o álbum ‘Eles São Assim e Assim Por Diante’, lançado no final do ano passado. As apresentações ocorreram no Teatro Renascença da capital.

A programação inicial previa apenas o show das 21 horas, mas a procura foi tão grande que a Bidê teve de realizar um espetáculo extra, às 19 horas, na qual a Rádio Putzgrila esteve presente.

Em ritmo de festa, descontraídos, mostrando boa sintonia com o público e entre si, Carlinhos Carneiro, Rodrigo Pilla, Vivi Peçaibes e Leandro Sá contaram com a participação de diversos músicos consagrados na cidade, como o baterista Marcos Rübenich (Walverdes), o tecladista Leonardo Boff (Ultramen), o percussionista Cristiano Sassá (Groove James), o baixista Pedro Porto (Ultramen) e o mítico Frank Jorge (Graforréia Xilarmônica).

O repertório mesclou clássicos da banda a músicas do disco novo, como “+Q1 Amigo”, que abriu o show, “Lucinha”, “Me Deixa Desafinar”, “Tudo Funcionando Direito” e “João da Silva”. Destaque pras execuções de “Aeroporto”, “Coisinhas Nojentas de Amor” e “Hoje”, essa última com um solo instrumental que entrou muito bem.

Logicamente, no show de 15 anos da banda não poderiam faltar os hits máximos, “Melissa” e “Mesmo Que Mude”, que encerrou em grande estilo a apresentação, e provocou uma ‘epidemia’ no público, que em uníssono deixou as dependências do Teatro Renascença assobiando a melodia e cantarolando a letra da música.

Manoel Canepa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.