Abril Belga apresenta sonoridade folk rock psicodélica em “99”, álbum de estreia

Em seu novo projeto solo autoral, o cantor e compositor carioca Gabriel Franco se torna Abril Belga. Ele leva o do-it-yourself a sério em seu recém-lançado álbum de estreia, “99”. O trabalho traz o músico mostrando a versatilidade em todos os instrumentos, além de assinar o processo de gravação do início ao fim. O resultado é um disco intimista e sincero, já disponível nas principais plataformas de streaming.

Ouça “99”: https://spoti.fi/2uMFJqr

Essa autonomia musical busca inspiração em artistas como Kevin Parker (Tame Impala), que transparecem no cenário como multi instrumentistas livres. Em “99”, Abril Belga entrega canções pessoais, imersas em lembranças da infância, passada no final dos anos 90 e início dos 2000.

Apesar de não se prender a amarras de gênero, em “99”, Abril Belga transita por algumas vertentes do indie, seja lo-fi, folk ou psicodélico; além de buscar referências na música brasileira. Canções mais complexas dividem espaço com faixas mais calmas, com violão e leves arranjos de cordas ou sopros. O álbum possui 11 faixas, quase que completamente gravadas pelo próprio artista em seu quarto.

Atualmente, Gabriel prepara para lançamentos audiovisuais e novas apresentações com o projeto.

Ouça “99”:

Spotify: https://spoti.fi/2uMFJqr

Bandcamp: http://bit.ly/2IsJdAe

Apple Music: https://goo.gl/Jtvk12

Deezer: http://bit.ly/2GzdcWx

YouTube: https://youtu.be/m0cM0bPHbSA

 

Ficha técnica:

Todos os instrumentos, gravação, mixagem e masterização por Gabriel

Baterias gravadas no estúdio Audio Rebel, exceto faixa 8, no estúdio Bulldog. Todo o resto no quarto do Gabriel.

Gravado entre dezembro de 2017 e fevereiro de 2018.

Sobre:

Abril Belga é o projeto solo do carioca Gabriel, que já participou de bandas desde o início da década. Neste trabalho, ele toca todos os instrumentos e faz o processo de gravação do início ao fim, caminho que tem sido cada vez mais comum – e mais fácil – para músicos independentes em todo o mundo.
Apesar de não ter a obrigação de se fixar em um tipo de música neste projeto, no disco “99”, Abril Belga transita por alguns gêneros dentro do Indie, seja Lo-fi, Pop, Psicodélico, ou brasileiro, enquanto algumas canções mais calmas têm violão e leves arranjos de cordas ou sopros.
O disco trata, em músicas chave, de lembranças da infância, passada no final dos anos 90 e início dos 2000, ao passo que entra em temas pessoais nas outras faixas.
Sonoramente, 99 tem canções longas, reverência a mestres do passado, como The Who ou Beach Boys, ou curtas (de duração normal) e calmas, aos moldes de Leonard Cohen, com violão.

 

Compartilhe:

Related posts

Leave a Comment

quatro + 2 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.